meiotom

                                   

destaques da semana,

 

Angelo Mendes Corrêa e Itamar Santos

Destaques da Semana

Livros
O poeta e otras crônicas de literatura e vida
Autor: Rubem Braga
Editora: Global
Quanto: R$ 32,00 (105 págs.)
Escritos inéditos de nosso cronista maior, organizados e prefaciados por Gustavo Henrique Tuna.

Baquaqua – um nativo de Zoogoo, no interior da África
Autor: Mahommah G. Baquaqua
Editora: Uirapuru
Quanto: R$ 38,50 (80 págs.)
A única autobiografia escrita por um ex-escravo que viveu no Brasil.

Teatro adulto
A Tropa
Texto: Gustavo Pinheiro
Direção: César Augusto
Elenco: Otávio Augusto, Alexandre Menezes, Daniel Marano, Eduardo Fernandes e Rafael Morpanini
Um encontro que resgata as mazelas e contradições de uma família de classe média.
Onde: Teatro Sérgio Cardoso. Sábados às 19h30. Domingos e segundas às 20h.
Quanto: de R$30,00 a R$60,00

Teatro infantil
Caminho da Roça
As lendas brasileiras e os costumes caipiras numa premiada montagem.
Dramaturgia: Simone Grande e Paulo Rogério Lopes
Direção: Eric Nowinski
Elenco: Grupo Meninas do Conto
Onde: Teatro Alfa, sábados e domingos, às 17h30
Quanto: a partir de R$15,00

Cinema
Bertrand Blier e a comédia como provocação
Mostra que traz ao público alguns filmes do mais polêmico e autoral realizador de comédias da França.
Onde: Caixa Belas Artes. 15 a 28 de junho. A partir das 16h.
Quanto: R$10,00

Exposição
Cidade da Língua: Bompas & S.Parr
A experiência gastronômica do duo britânico Bompas & S.Parr, conhecido por suas esculturas feitas com comidas.
Onde: Museu de Arte Moderna (MAM). Terça a domingo, das 10 às 17h30.
Quanto: a partir de R$3,00

 

 

Angelo Mendes Corrêa nasceu em São Paulo, SP, em 1967. É mestre em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (USP), onde cursou bacharelado e licenciatura em Letras. Na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), fez Direito e Jornalismo. Desde 1987 é professor de Português, Literatura Brasileira, Literatura Portuguesa, Teoria Literária e Produção de Textos, nos níveis médio e superior. Começou no Jornalismo em 1985 e colaborou na Folha de S.Paulo (S.Paulo,SP), Jornal da Tarde (S.Paulo,SP), Linguagem Viva (S.Paulo,SP), São Paulo Review (S.Paulo,SP), Protexto (S.Paulo,SP), Revista de Literatura Brasileira (S.Paulo,SP), Revista Bibliográfica e Cultural (S.Paulo,SP), Veredas (S.Paulo,SP), Meiotom (Atibaia,SP), Verdes Trigos (Presidente Prudente,SP), O Boêmio(Matão,SP), Gazeta do Rio Pardo(S.José do Rio Pardo,SP), Jornal de Letras(Rio de Janeiro,RJ), Arte de Fato(Rio de Janeiro, RJ), Revista da Academia Mineira de Letras (Belo Horizonte, MG), A Semana (Divinópolis, MG), Jornal da Cidade (Poços de Caldas,MG), Brand News (Poços de Caldas,MG), Jornal da Associação Nacional de Escritores (Brasília, DF), Hoje em Dia (Brasília, DF), Opção Cultural (Goiânia, GO), Portal Top Vitrine (Campo Grande, MS), Letra&Fel (Vitória,ES), Fronte Cultural (Chapecó,SC), Diário da Manhã (Pelotas,RS), Verbo21 (Salvador,BA), Diversos Afins(Ilhéus,BA), Correio das Artes(João Pessoa, PB) e Alto Madeira (Porto Velho,RO). Coautor dos livros Um Poeta Brasileiro em Portugal; (Temas Originais,Coimbra/Letra Selvagem,S.Paulo) e Tecendo Literatura: Entre Vozes e Olhares (Humanitas,S.Paulo). Ator bissexto, participou dos curta-metragens Através dos Bosques e Os Sonhos, ambos do diretor Otávio Mendes.

 

 

Itamar Santos nasceu em São Paulo, SP, em 1956. É mestre em Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo(USP). Licenciado em Artes pela Faculdade Belas Artes de São Paulo e em Desenho pela União das Faculdades Francanas (UNIFRAN). Cursou Administração de Empresas na Universidade Cidade de São Paulo(UNICID). Fez cursos de especialização na York University, Seneca College e The Bickford Centre, em Toronto, Canadá, onde viveu por mais de uma década, trabalhando como executivo e tradutor. Professor de Artes, Desenho e Inglês, nos níveis médio e superior. Como ator atuou nas peças A Exceção e a Regra (Bertold Brecht), Em Nome do Teu Coração (William Butler Yeats), O Berço de Ouro (Erasmo Caldas), Romeu e Julinha (Oscar Von Pfhul), Vamos Falar de Amor Sem Dizer Que Eu Te Amo (Heiner Müller) e nos curta-metragens Através dos Bosques, Irremediável e Os Sonhos, do diretor Otávio Mendes. É autor do argumento do curta-metragem Os Sonhos, de duas peças teatrais, Passagens de Tempo (baseada no livro homônimo do psiquiatra e filósofo Mauro Maldonato) e Eutanásia, bem como dos livros infantis O Pequeno Don e O Ladrão de Sonhos e da novela Tobias, todos inéditos. Como jornalista, colabora na São Paulo Review (S.Paulo, SP), Linguagem Viva (S.Paulo, SP), Protexto (S.Paulo, SP), Meiotom (Atibaia, SP), Arte de Fato (Rio de Janeiro, RJ), Letra&Fel (Vitória, ES), Portal Top Vitrine (Campo Grande, MS), Horizonte MS (Campo Grande, MS), Verbo 21 (Salvador, BA), Diversos Afins (Ilhéus, BA) e Correio das Artes (João Pessoa, PB). É membro do Grupo de Pesquisas de Produções Literárias e Culturais para Crianças e Jovens da Universidade de São Paulo (USP).