Meiotom - poesia


 

título: elas: senhoras

Pedro Du Bois

ELAS: SENHORA

4

De nenhum talento falamos
senhora
apenas o dia termina
em ocasos
simples
como as coisas comuns
os fatos
e a natureza completam o ciclo
senhora
no primeiro homem
se destaca o estômago
proeminente
fosse a comida a tentação
no segundo homem
o instante se apresenta
na profundeza do olhar perdido
senhora
e nenhum talento
os habitaria em diferenças
histéricas
e históricas páginas reviradas.


(Pedro Du Bois, em LIBERDADE (ELAS)