Meiotom - poesia

CENA

o menino dorme
na calçada

Ao sol do meio-dia
encolhido
aconchegado em algum útero
o menino dorme

As pessoas passam
Algumas olham
 
EUNICE ARRUDA

Do livro "À Beira", 1999, Ed. Blocos - Rio de Janeiro/RJ.
 


 

 

Eunice Arruda