Meiotom - poesia


 

título: momento-I

Eunice Arruda

 

Estou deitada em meu corpo

 
A vida rumoreja
recua como um mar
 
E o sangue circula sem saída
 
 
                     
                      EUNICE ARRUDA

Voltar