meiotom  poesia & prosa

e-mail: meiotom@uol.com.br

 

   meiotom.blog                                                 TEATRO

 

ESPECIAL

 André Carneiro

 Eunice Arruda

 Leminski

 J. Cardias

 Jorge Cooper

 Poesia Cubana

 Poema Libai

POESIA

 Carlos Pessoa Rosa

 Convidados

 Carlos Pessoa Rosa

 Convidados

 Carlos Pessoa Rosa

 Convidados

 POESIA VISUAL

 Almandrade

 Carlos Pessoa Rosa

 Clemente Padín

 F. Aguiar

 G. Debreix

 Hugo Pontes

 José L. Campal

 J.M.Calleja

 Rafael Marin

 Poe-Zine

 Marcos Rosa

 Avelino Araujo

 Thierry Tillier

 FOTOGRAFIA

 Andrea Angelucci

 F. Pillegi

 Euclides Sandoval

 TITE

 GONDIM

ARTES PLÁSTICAS

 Lúcia Rosa

 Felipe Stefani

 Maria Domênica

 Lampros

 DIVERSOS

 Concursos

 Resultados concursos

 Resenhas

 Estatística

 


‘Interiores’, peça escrita a quatro mãos por Lucas Mayor e Marcos Gomes, estreia no Cemitério de Automóveis em 23 de março

 

 

Foto de cena de Lucas Mayor

 

Imóveis vazios que envolvem aspectos monetários e afetivos foram o mote para a criação dos textos de Interiores, peça que estreia dia 23 de março e segue em temporada até 06 de maio, às sextas, sábados e domingos. Os quatros textos que compõem a peça, dois de Lucas Mayor e dois de Marcos Gomes, tratam das relações amparadas em algo material, lugares físicos vazios que trazem aspectos interiores dos personagens. A imbricação provocada pelas ausências, desencontros e conflitos começaram a ser pesquisados na parceria anterior da dupla, no diálogo dramatúrgico das peças ‘Separações’  e “Ondas curtas”.

“A estrutura da peça curta, a qual nos filiamos, tem relação com o conto, sobretudo com ideias e teorias e contos do Julio Cortázar e lições de Ricardo Piglia, escritor e crítico argentino. As cenas foram construídas como contos, que é parte do nosso trabalho de pesquisa, utilizar procedimentos do conto para a dramaturgia, diz Lucas Mayor.

 

““Eu morto, o que pensará meu filho quando topar com esses resíduos?”, pergunta Georges Didi-Huberman no primoroso livrinho “Cascas”. A pergunta move o livro. Move também nossas vidas. Creio (quero crer) que ‘Interiores’ toca em coisas muito antigas. Coisas como o valor da transmissão e da memória. É sobre irmãos. Sobre pais. Filhos. Casais. É um pouco sobre ir desaparecendo. É um pouco sobre estarmos morrendo. O que fica de nós nos outros, nas coisas, como seremos lembrados pra depois sermos gentilmente esquecidos. Sim. Sim. Sim. Seremos todos esquecidos.”, complementa Mayor.

 

A dramaturgia de textos curtos no formato  prêt-à-porter vem sendo explorado por Mayor no projeto “Terça em Cena”, uma parceria entre a Cia, La Plongée, da qual é o fundador e o Teatro Cemitério de Automóveis.  O ‘Terça em Cena” está no quinto ano de vida e tem a missão de destacar a dramaturgia contemporânea, a cada edição o espetáculo reúne cenas curtas e inéditas, apresentadas por autores, diretores e artistas diferentes. 

 

SINOPSE

Dividida em quatro momentos, que correspondem a habitações diferentes, a peça trata das relações que se estabelecem em torno da venda desses imóveis, de seus espaços vazios e de suas ausências.

 

FICHA TÉCNICA

Texto e direção – Lucas Mayor e Marcos Gomes

Elenco – Anette Naiman, Daniela Schitini, Marcos Gomes, Rebecca Leão, Rodrigo Sanches e Paulo Salvetti

 

Serviço:

Interiores

Temporada – 23 de março a 6 de maio

Sexta e sábado – 21h

Domingo – 20h

Preços populares - R$ 30,00 inteira e R$ 15,00 meia entrada. 

Teatro Cemitério de Automóveis

Rua Frei Caneca, 384 – Consolação, São Paulo. tel. 11 2371-5743/99292-8707

Classificação etária: 14 anos

Duração – 70 minutos

Site: http://www.cemiteriodeautomoveis.com.br

Gênero: Drama

 

Informações à Imprensa:

Adriana Monteiro – Ofício das Letras

11 4563 7194 | (11) 9 94817953

adriana@oficiodasletras.com.br